17.4.10

Orgulho de Pai


Olá Amigos

O texto abaixo é de autoria da minha filha Ana Clara, que no auge de sua criatividade sem fim, escreveu o seu primeiro texto para publicação. Agora imaginem a minha prosa e o meu orgulho.

Filhos são as dadivas que Deus nos dá para que sempre saibamos exatamente o que é o amor. Um amor de pai ou mãe para com seus miúdos é um amor sublime que só quem os tem sabe exatamente o que estou falando.

Quando olhei aqueles olhos bem abertos e atentos no berçário soube logo de cara que ali estava uma garota curiosa e atenta. Mas o tempo foi passando e a mocinha crescendo e desenvolvendo seu estilo, seu gosto e principalmente sua identidade. E eu fui ficando para trás na lista de prioridades dela. Quando ela me mandou o texto por e-mail fiquei tão feliz, mas tão feliz pois sei da importância da ser a primeira pessoa a ler alguma coisa nossa nossa, o grau de confiança mais alto de alguém a quem confiamos nosso trabalho ou sonho.

E nesse patamar estava lá eu o grande (ou seria super) pai, que fui perdendo terreno para os Justin Bieber , Jonas Brothers, NX Zero da vida, o escolhido para ler o seu primeiro texto era EU.

Li junto com ela e comentei o que achei e pedi autorização para postar no meu blog pessoal. E essa honra eu divido com vocês. Abaixo o primeiro texto de minha linda e maravilhosa filha.

In Infinitum

Robson Freire

Um comentário:

Aninha Alegria disse...

Paaaaai obrigada pela postagem que você publicou, fazendo uma "propaganda" da minha historinha :D
Valeu valeu valeu valeeeu ♥

PS: Pai, olha no orkut. Vê lá o depoimento novo que eu coloquei :)